Posts Tagged ‘Social’

#comofaz?


diluvio

diluvio

Ok, a imagem não é de um dilúvio (juraaa????), mas imaginem que seja… u_u

Sabemos todos das coisas que andam acontecendo por aí nos últimos tempos. O que ninguém anda percebendo é, que ao olhar para o vizinho, estamos ignorando os irmãos.

Largando as metáforas e falando sério. Entendo que o Haiti precisa de muita ajuda, que as coisas estão críticas por lá, mas… E o nosso país? E as crianças que estão disponíveis para adoção, as chuvas no Rio de Janeiro e em São Paulo?

Gente, ser solidário não é apenas ajudar os que estão extremamente necessitados, mas os que estão menos também!

Passamos todos os dias por crianças de rua, pessoas sem casas e sem emprego, e precisaremos de mais o que pra ajudar? Não vou fazer aquele discurso de “Precisamos nos unir”, afinal, todos estão conscientes do que precisam fazer, mas nessa hora, precisamos olhar para todos, inclusive para os que estão próximos.

Me desculpem pelo texto chato, mas é que a minha indignação foi maior que a minha própria pessoa.

Anúncios

Direitos Humanos?


Medo

“Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e em direitos. Dotados de razão e de consciência, devem agir uns para com os outros em espírito de Fraternidade.”

Artigo 1º

Quem não conhece, pelo menos um, dos direitos humanos? Todos os dias, passamos por isso, por exemplo, num elevador, numa escola,  local de serviço.  Os direitos humanos servem para que não exista nenhum tipo de diferença entre os seres, sejam de qualquer raça ou país.

Quando éramos crianças (digo éramos pois sei que os poucos leitores desse blog são, pelo menos, maiores de 15 anos), ouvíamos na escola que era “feio” chamar um colega de qualquer coisa que pudesse ser ofensiva, ou até mesmo, tratá-lo de forma diferente por ele ser diferente. Mas… Afinal, quem é normal nesse planeta?

Existem vários Estatutos para que saibamos o que fazer, quando fazer e por que fazer. Alguns deles são o Estatuto da Criança e do Adolescente, do Idoso. Isso tudo inclui até mesmo a proteção às pessoas ameaçadas, que tenho certeza que você já ouviu falar.

Bem, fica aqui a minha parte como cidadã e humana. Talvez, um dia, eu retome este post.

Para saber mais sobre todos esses direitos, clique aqui!